Capoeira: História, Regras e Informações Sobre o Esporte

0
25

A capoeira é considerada oficialmente como um patrimônio cultural imaterial do Brasil, desenvolvido por africanos (angolanos) no início do século XVI. É uma forma de artes marciais que combina os elementos de acrobacia, dança e música. Um praticante do esporte é conhecido como capoeirista. O nome do esporte originou-se das palavras tupi ka’a que significa “selva” e puer significando “era” e refere-se às áreas de vegetação baixa no interior do Brasil onde os escravos fugitivos se escondiam.

A capoeira é uma arte marcial que combina elementos de luta, acrobacia, música, dança e rituais de uma forma muito elegante e magnética. Realizado por duas pessoas, é frequentemente chamado de “jogo de capoeira” que é jogado, não uma luta. A capoeira é sempre tocada com um sorriso no rosto simbolizando que os capoeiristas não têm medo do perigo que está por vir. 

A singularidade da capoeira dá ao seu corpo força física, poder e flexibilidade e sua mente autoconfiança, concentração, coragem e criatividade. Eu ouvi muitas pessoas dizerem que a capoeira é uma das melhores coisas que aconteceram em suas vidas. No entanto, a única maneira de realmente entender o magnetismo da Capoeira é vê-lo e experimentá-lo.

O jogo de capoeira é disputado entre dois atletas que jogam de acordo com o estilo exigido pelo ritmo dos instrumentos musicais. O esporte não se concentra em derrubar o adversário, mas enfatiza a habilidade. Os capoeiristas geralmente preferem permitir que o oponente se recupere e volte ao jogo.

O jogo da Capoeira termina quando um dos atletas decide sair ou chamar o final do jogo ou quando qualquer outro capoeirista interrompe a partida para começar a jogar ou com um dos atletas atuais ou com qualquer outro capoeirista.

A música é parte integrante do esporte que define o estilo e ritmo que deve ser tocado dentro da roda. A música de capoeira é formada por cantos e instrumentos dispostos em fila formada por três berimbaus, dois pandeiros, três atabaques, um agogo e um ganza. Este formato dos instrumentos pode variar com base nas tradições do grupo de capoeira e no estilo de roda. 

Atualmente, a capoeira é uma arte marcial conhecida e muito popular em todo o mundo. É frequentemente incluída em programas de escolas e universidades. Sabe-se também que a capoeira influenciou vários estilos de dança, como o hip-hop. 

Embora a Capoeira tenha mudado durante os anos, os dois principais estilos de Capoeira – Capoeira Angola e Capoeira Regional continuam a ser praticados nas escolas de capoeira de hoje.

Qual é a História da Capoeira?

A capoeira surgiu nos tempos coloniais brasileiros, principalmente nas cidades costeiras escravistas. No século XVII, os portugueses trouxeram pessoas de Angola, então uma colônia portuguesa, para escravizar no Brasil. O povo de Angola tinha um ritual chamado n’golo para celebrar a entrada dos homens na idade adulta. Em inglês, o termo significa “zebra” e dizia-se que os jovens imitavam as zebras masculinas na forma como perseguiam as mulheres.

Esses rituais foram proibidos no Brasil na época, mas os angolanos os consideravam um jogo. Em pouco tempo, eles adicionaram novos componentes ao n’golo. Quando os escravos angolanos fugiam, eles se escondiam na vegetação local, chamada capoeira em português. Os brasileiros mandavam pessoas para capturá-los, mas os escravos atacavam esses indivíduos com seus movimentos n’golo de estilo marcial de dentro da vegetação. Quando os brasileiros retornaram sem os escravos, eles alegaram que haviam sido atacados na Capoeira. É assim que a prática tem o seu nome.

Depois de algum tempo, a prática da capoeira foi proibida, então os escravos angolanos adicionaram instrumentos e canções para disfarçar o ritual, transformando-o em dança.

Então, após a abolição da escravidão, a Capoeira foi novamente considerada criminosa quando o Mestre Bimba, um lutador salvadorenho, trouxe a Capoeira à cultura brasileira dominante. O jogo permaneceu ilegal de 1890 a 1940.

Desde 2008, a UNESCO reconhece a Capoeira como um “patrimônio cultural intangível”. O jogo é tipicamente praticado na cidade de Salvador, localizada no estado da Bahia. A cultura negra é proeminente na Bahia, onde a maioria dos centros tradicionais brasileiros está localizada.

Embora a Capoeira seja considerada uma luta, não há contato físico entre os jogadores. Não há vencedores ou perdedores no jogo, e a luta simplesmente segue o ritmo da bateria e de um instrumento único chamado berimbau. Talvez seja por isso que a Capoeira é freqüentemente confundida com uma dança.

O conga drum é o instrumento mais importante nos círculos de capoeira, e o ritmo é um dos principais componentes do jogo. De fato, os tambores servem a muitos propósitos para aqueles que participam da Capoeira. Durante os anos, foi considerado um crime, os bateristas avisavam os participantes para abandonar o ritual, tocando uma batida única chamada de cavalaria.

Agora existem duas formas primárias de capoeira. Um deles é chamado de Capoeira Angola, e o Mestre Pastinha é a força por trás dessa versão. Esse tipo de capoeira é mais tradicional e mais próximo do modo como os escravos jogavam o jogo. Mantém tradições como rituais africanos e música mais rítmica. Além disso, com movimentos mais complexos, esse tipo de capoeira é considerado mais lento e mais difícil, com traços de dissimulação, teatralidade e malícia.

A outra forma de Capoeira é a Capoeira Regional. Esta versão foi desenvolvida pelo Mestre Bimba, que metodizou a Capoeira desenvolvendo sequências de ensino para o jogo. Bimba chamou sua Capoeira de “luta regional da Bahia”, que explica como a Capoeira Regional recebeu seu nome. Seu objetivo era adicionar estrutura ao jogo, estabelecendo movimentos específicos. Ao metodizar a Capoeira, Mestre Bimba ajudou a desenvolver uma hierarquia entre os participantes, medindo o conhecimento dos jogadores com base na cor de suas cordas.

Quais são as Regras da Capoeira?

No que diz respeito às regras da Capoeira, os participantes devem ficar em círculo. Ambos os músicos e lutadores formam o círculo da Capoeira, onde duas pessoas entram para jogar. O objetivo é que esses dois jogadores sincronizem seus movimentos, simulando uma luta sem tocar o adversário.

Os principais lutadores devem se apresentar antes de começar o jogo. Então, após um período de confronto, qualquer pessoa no círculo pode pedir a um jogador que saia, para garantir que todos os participantes tenham a chance de entrar no ringue.

Os jogadores que formam o círculo batem palmas ao ritmo da bateria e cantam músicas com letras sobre as lutas da população negra. Normalmente, os instrumentos que tocam em um círculo de capoeira incluem o conga drum; o berimbau, um instrumento de cordas padrão; o caxixi, uma espécie de chocalho; o pandeiro, um pandeiro; e o reco-reco, um instrumento de percussão.

Por sua vez, existem seis tipos de golpes na capoeira. Esses golpes incluem mortais, ou a possível morte do oponente; golpes traumatizantes, que envolvem danos extensos ao oponente; golpes desequilibrantes, que derrubam o oponente; esquiva ou defesa dos ataques do oponente; escapa, que aumenta a ação; e floresce, que adicionam beleza ao jogo e ajudam a confundir o inimigo.

Além disso, isso é a Capoeira, um jogo brasileiro único de status de “patrimônio mundial”, de acordo com a UNESCO. Um evento em festivais e competições no Brasil – especificamente no estado da Bahia – essa combinação de combate e dança presta homenagem à história colonial da nação.

Capoeira: História, Regras e Informações Sobre o Esporte
Vote nesse artigo


Receba nossas atualizações grátis!

Comente