Como Tirar Mofo do Guarda Roupa

0
106

O Que é Mofo e Bolor?

O mofo e o bolor são termos populares para fungos encontrados nos alimentos, com uma aparência de algodão (aparência aveludada) e uma variedade de cores. Muitos representantes pertencem aos ascetas, principalmente à sua fase assexuada conhecida como fungos anamórficos. Eles aparecem com tom esbranquiçado, esverdeado, alaranjado e muitas outras cores. Existe o popular bolor negro do pão, que também ocorre em frutas e pertence ao grupo das mucoromicotinas e outras (anteriormente chamadas de zigomicotinas ou zigomicotinas).

Os bolores produzem um dispositivo constituído por substâncias denominadas metabolitos secundários e, entre estas substâncias, enzimas que ajudam a decompor-se. Quando os sapróbios decompõem substâncias orgânicas e muitas vezes parecem decompor compostos complexos como insecticidas, pesticidas, etc., também é possível utilizar os sapróbios como agente de decomposição. Eles são heterotróficos e são alimentados por absorção após o lançamento de enzimas no ambiente, quebrando o substrato e absorvendo nutrientes através da parede celular das hifas. As hifas são as células típicas dos fungos e o todo está na base do micélio. Os bolores não são uma substância como as plantas ou os animais, mas estruturas visíveis a olho nu, como fungos, orelhas de madeira e até mesmo alguns fungos e formas. Estas estruturas são reprodutivas, derivadas da diferenciação celular do micélio e possuem nomes específicos como basidiomas, ascomas e conidiomas. No entanto, a maioria das estruturas é observada sob um microscópio óptico (ou de luz) e com maior detalhe sob um microscópio eletrônico. Traços, conídios e estruturas que os produzem são observados como esporangióforos, conidióforos, células conidiogênicas, etc.

Os esporos são as principais estruturas reprodutivas dos fungos e, para aqueles que representam fungos e míldio, há alta produção e dispersão. Normalmente, a cor do micélio na comida representa todos os esporos. Para o molde preto no pão, a coloração escurecida representa os esporos na esporângio.

Como referido anteriormente, os fungos representativos de mofos e bolores pertencem ao grupo dos asceticidas, em particular a fase assexuada (fungos anamórficos) e os da Mucoromicotina. Estes fungos são amplamente utilizados nos setores alimentício, farmacêutico, de biorremediação e controle biológico, entre outros. Para além da sua importância ambiental, decompõem substâncias orgânicas devolvendo nutrientes e minerais importantes a outros seres vivos, especialmente vegetais.

O gênero Penicillium, um fungo anamórfico, tornou-se conhecido após a descoberta da penicilina em 1928 pelo médico e professor escocês Alexander Fleming. Outras espécies do gênero combinadas com bactérias ajudam na preparação e maturação de queijos, como Brie e Camemberti, produzidos por Penicillium camemberti.

A mucilagem (Mucoromicotina) é um importante produtor de compostos utilizados na indústria, incluindo etanol, ácido cítrico, amilases, glicerina, ácido láctico, ácido fumárico, ácido succínico e ácido oxálico. O ácido láctico é utilizado como regulador de acidez em enchidos e doces; o ácido cítrico é utilizado para fins médicos e aromáticos em bebidas e geleias.

A chegada de dias mais frios é sempre um problema para pessoas com doenças respiratórias. O tempo mais seco agrava as alergias e os fungos e bolores – que são também um veneno para quem sofre de alergias – multiplicam-se facilmente durante este período. Neste artigo você aprenderá como prevenir o bolor e como remover este problema de sua casa de uma vez por todas.

Embora pareçam ser idênticos e ambos sejam causados por fungos, os mofos e fungos têm propriedades e efeitos diferentes. O bolor é a fase inicial da infestação. Cria um alto grau de relevo nas superfícies afetadas, geralmente acinzentadas, e pode ser removido durante a limpeza normal de sua casa.

Os mofos, por outro lado, são o fungo em um estágio avançado. Caracterizam-se por pontos pretos que aparecem no material infectado e afetam esta estrutura, seja a parede, os móveis ou mesmo as roupas, e é muito difícil de limpar.

Aprenda agora como tirar e evitar a formação de mofos e bolores em várias áreas da casa.

Como Tirar Mofo do Guarda-Roupa?

Para tirar mofo do guarda-roupa, tenha o hábito de:

  • Deixar as portas do armário abertas o máximo possível para que a ventilação possa entrar.
  • Colocar roupas frias ao sol ou lavá-las no verão.
  • Retirar as suas roupas pelo menos uma vez por mês e limpar o armário com água e vinagre para evitar bolor e remover manchas.
  • Colocar um frasco de bicarbonato de sódio, gesso ou cal no armário. Trocar o conteúdo do frasco a cada seis meses.
  • Colocar pedaços de algodão embebidos em álcool nos cantos e gavetas.
  • Usar produtos anti-mofo durante a limpeza.
  • Para remover a umidade, deixe um pedaço de giz em cada prateleira.
  • Faça sacos com cravinho: simplesmente coloque os cravinhos num pano fino e feche o saco com uma fita. Troque o conteúdo do saco a cada três meses.
  • Uma receita simples e familiar é misturar água com lixívia ou vinagre branco, numa proporção de um para um. Basta limpar a composição com um pano em armários, gavetas, paredes e portas.

Como Prevenir Mofo no Armário e Guarda-Roupa?

Os fungos causadores de bolores e mofos multiplicam-se em ambientes escuros e úmidos. Portanto, luz e ar fresco são aliados para evitar o problema. Aqui estão algumas dicas simples que você deve ter em mente durante todo o ano.

Deixe as portas do armário e guarda-roupas abertas de vez em quando para que o interior do móvel seja ventilado. Abra também as gavetas, pois a forma também pode ser formada lá. Não deixe roupas frias dentro do armário e guarda-roupa durante todo o verão. Exponha estes itens ao sol algumas vezes durante a estação ou leve-os consigo para lavar.

Uma vez por mês, retire todos os objetos do armário e guarda-roupa e limpe-os com um pano embebido em vinagre. Isto evitará a formação de bolores. Outro gesto simples para evitar bolores é deixar um copo de bicarbonato de sódio ou giz no armário. Estes materiais absorvem a umidade e evitam a propagação de fungos. Também não deve-se guardar roupas sem lavar. Uma única gota de suor é suficiente para formar uma colônia de bolores.

Como Evitar Formação de Mofo em Armários de Cozinha?

Para o armário da cozinha, os passos para evitar o mofo seguem os mesmos princípios para evitar umidade em armários e guarda-roupas.

Evite instalar armários em paredes que encostam com o banheiro e possam ficar úmidas.
Preste atenção aos locais por onde passam os canos de água. Se o gabinete ocupa um espaço muito grande na parede e esta sofre infiltração, pode demorar-se a perceber que o problema está ocorrendo. Deixe o armário de cozinha ocasionalmente aberto para ventilação, especialmente se for feita de madeira. Mantenha uma rotina de limpeza com vinagre, pois além de remover os mofos e bolores, também ajuda a remover a gordura.

Como Evitar a Formação de Mofo nas Paredes?

Paredes infectadas com fungos são um grande vilão para toda a família. O quarto mofado fica com um cheiro desagradável, as alergias agravam-se e o problema pode propagar-se para os móveis. Mas como evitar que se formem bolores nas paredes? Muito simples.

Mantenha as salas ventiladas. Parece instintivo fechar a janela no frio, mas é importante que os quartos sejam ventilados durante o dia. Escolha um momento em que as janelas permaneçam abertas. Preste atenção a possíveis infiltrações. A umidade nas paredes é um componente infalível para a propagação e formação de fungos. Se ocorrerem fugas, o problema deve ser abordado com urgência e com carácter prioritário.
Se as paredes estiverem pintadas, aguarde até que a tinta esteja completamente seca antes de colocar os móveis na sala. O mesmo se aplica à colocação de papel de parede.

Como Evitar a Formação de Mofo no Banheiro?

O banheiro da residência é um dos cômodos mais afetados pelos mofos e bolores. Ele por vezes permanece fechado por muito tempo, costuma ser escuro e a água quente do banho mantém o local úmido. Aprenda a evitar a formação de bolores neste ambiente.

Após o banho, deixe a porta e a janela do banheiro abertas para que todo o vapor saia do banheiro. Se tiver uma cortina no box, mantenha-a sempre esticada para facilitar a secagem. A umidade acumula-se rapidamente nas dobras deste material, provocando a formação de bolor no ambiente. Mantenha sempre o banheiro limpo. Desinfete todos os cantos do banheiro e seque bem após a lavagem. O vinagre também pode ser incluído na rotina de limpeza deste ambiente juntamente com o bicarbonato de sódio. Não se esqueça dos armários, que devem ser limpos e, se possível, ventilados. Preste atenção a vazamentos que umedecem o banheiro e também as paredes de outros cômodos, como os quartos.

Como Eliminar a Umidade do Cômodo e Prevenir a Formação de Mofo?

O principal segredo para prevenir o mofo é prevenir a umidade. Mas como é que a gente faz isso? Alguns hábitos diários simples melhoram consideravelmente a situação. Atente-se para hábitos como abrir sempre as janelas e deixar o ar circular na casa durante pelo menos 30 minutos. Também é interessante usar sacos de sal grosso ou bicarbonato de sódio em armários e outros móveis, já que tais produtos ajudam a absorver a umidade do ambiente. Não distribua roupas em casa. Se você mora em um apartamento ou o dia está chuvoso, lave menos roupas e entenda a área de serviço. Pendure a roupa num varal com um pregador e deixe um espaço para secar rapidamente. O uso de ventiladores ou secadores facilita o processo.

Como Prevenir o Mofo em Casa?

Agora é mais fácil evitar o bolor na sua casa, não é? Mas temos outros conselhos infalíveis para evitar o problema.

Faça uma rotina de limpeza em sua casa, instale calhas e telhados apenas com profissionais de confiança. Defeitos de construção que impedem a drenagem adequada da água ou a instalação inadequada da tubulação podem tornar a sua casa constantemente molhada. As casas construídas perto de vegetação e encostas são mais sensíveis à umidade e devem ser protegidas da umidade em toda a sua estrutura.

Também é importante deixar os móveis a pelo menos 2 cm da parede. Se forem removidos da sala a limpar, espere até que tudo esteja seco antes de os instalar. Se a casa tem muitos livros, lembre-se de ventilá-los. Se aparecerem manchas na parede, não procure algo que cubra o problema, como móveis ou tintas. Procure soluções que solucionem o problema ao invés de fingir que ele não existe.

Perigos do Mofo e Bolor

Além dos problemas dos materiais afetados, uma vez que o fungo é corrosivo em seus estágios avançados, torna-se extremamente prejudicial à saúde. Conheça os seus principais perigos e compreenda porque é importante evitá-los.

Sinusite Fúngica

Esse tipo de sinusite ocorre quando respiramos fungos e esses micro-organismos estão na cavidade nasal. Além de dores de cabeça e dores faciais, esta doença causa congestão e obstrução nasal, dificuldades respiratórias, secreções purulentas, odor reduzido, mau hálito, fadiga, perda de apetite e até mesmo perda de peso.

Asma Alérgica

Causada por bolores, ácaros e pelos de animais, a asma alérgica é a inflamação e obstrução das vias respiratórias, que são mais comuns em crianças e mulheres grávidas. Os sintomas incluem dificuldades respiratórias, tosse, dor ou pressão no peito, murmuração ao respirar, secreção ou catarro, fadiga e falta de ar.

O Que Fazer se Encontrar Mofo em Sua Casa?

Se, infelizmente, a sua casa já estiver contaminada com bolor, tome medidas o mais rapidamente possível para corrigir o problema. Confira algumas receitas caseiras para nos livrarmos do mofo em casa.

Vinagre e Fermento em Pó

  • 240 ml de vinagre branco
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • Prepare uma solução misturando os dois ingredientes e despeje em um borrifador. Pulverize sobre as manchas de bolor e deixe de molho durante 10 minutos. Remova com um pano seco e limpo. Repita a operação uma vez por mês

Água Sanitária

  • 100 ml de agente branqueador
  • 1 litro de água
  • Misture os dois ingredientes nas proporções indicadas e aplique no chão, parede e outras superfícies afetadas pelo bolor. Deixe por 30 minutos e remova com um pano limpo e seco É particularmente eficaz em banheiros

Limão Para Roupas Coloridas

Se a peça de vestuário afetada por bolor for uma peça de vestuário colorida, utilize sumo de limão diretamente sobre a mancha. Esfregue suavemente e depois lave como de costume.

Cândida Para Roupas Brancas

As roupas brancas devem ser embebidas numa solução diluída de cândida antes da lavagem. Se o tecido for sintético ou de seda, substitua cândida por leite.

Vinagre Para Estofados

Use um pano embebido em vinagre para esfregar a mancha. Em seguida, limpe com um pano limpo e seco. Repita os dois processos até o mofo sair.


Receba nossas atualizações grátis!

Comente