Judô: História, Regras e Informações Sobre o Esporte

0
514

O judô é um esporte de combate tremendo e dinâmico que exige tanto proeza física quanto grande disciplina mental. De uma posição em pé, envolve técnicas que permitem que você levante e jogue seus oponentes nas costas. No chão, ele inclui técnicas que permitem prender seus oponentes no chão, controlá-los e aplicar vários estrangulamentos ou bloqueios comuns até a finalização. 

Origens e História do Judô

O judô originou-se no Japão como um derivado das várias artes marciais desenvolvidas e usadas pela classe samurai e pelo guerreiro feudal durante centenas de anos. Embora muitas das técnicas de judô tenham se originado de artes que foram projetadas para ferir, mutilar ou matar oponentes na batalha de campo real, as técnicas de judô foram modificadas para que os estudantes de judô possam praticar e aplicar essas técnicas com segurança e sem prejudicar os oponentes:

  • O judô não envolve técnicas de chutes, socos ou golpes de qualquer tipo.
  • O judô não envolve a aplicação de pressão contra as articulações para lançar um adversário.
  • O judô não envolve equipamentos ou armas de qualquer espécie.
Guará, Brasília, DF, Brasil 6/10/2017 Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília. Atletas do judô treinam diariamente para a etapa de Brasília dos Jogos Escolares da Juventude 2017, que começam em 16 de novembro. Monique da Silva Rodrigues, de 15 anos, é faixa-roxa na modalidade e defenderá o título de meio-médio, para atletas com até 57 quilos.

Em vez disso, o judô envolve simplesmente dois indivíduos que, ao agarrar o uniforme de judô ou o judogi, usam as forças do equilíbrio, do poder e do movimento para tentar subjugar um ao outro. Assim, é simples e básico. Em sua simplicidade, no entanto, reside sua complexidade e domínio até mesmo das mais básicas técnicas de judô que muitas vezes levam tempo, esforço e energia consideráveis, envolvendo treinamento físico e mental rigoroso.

Em 1882, o Dr. Jigoro Kano (O Pai do Judô) fez um estudo abrangente das antigas formas de autodefesa e integrou a melhor dessas formas em um esporte que é conhecido como Kodokan Judo.

O termo Kodokan se divide em ko (palestra, estudo, método), do (caminho ou caminho) e kan (corredor ou lugar). Assim, significa “um lugar para estudar o caminho”. Da mesma forma, o judô se divide em ju (suave) e faz (caminho ou caminho) ou “o caminho suave”. 

O Prof. Kano adotou as partes superlativas de todas as escolas de Jiu-Jitsu, livrou-se de partes precárias e o Judo Kodokan foi reconhecido em poucos anos como excelente, pois seus alunos superaram os atletas de Jiu-Jitsu no Concurso Policial de Bujitsu.

A categorização do Kodokan Judo foi concluída em 1887. O Kodokan tinha três objetivos principais: educação física, competência em competições e treinamento mental.

Prosseguindo com a organização do Kodokan e promulgando os regulamentos do Judô, o Prof. Kano tornou-se o primeiro membro asiático do Comitê Olímpico Internacional em 1909 e trabalhou para a disseminação do Judô em todo o mundo. O judô tornou-se um evento oficial nos Jogos Olímpicos de Tóquio em 1964, apoiado por fãs de judô e promotores de esporte em todo o mundo.

Em sua vida, Jigoro Kano obteve um doutorado em judô, um grau equivalente ao décimo segundo dan, concedido apenas ao criador do judô. Ele trabalhou constantemente para garantir o desenvolvimento do atletismo e do esporte japonês em geral e, como resultado, é frequentemente chamado de “Pai dos Esportes Japoneses”. Em 1935 ele foi premiado com o prêmio Asahi por sua excelente contribuição para a organização do esporte no Japão durante sua vida.

O Princípio da Gentileza

A palavra judô consiste em dois caracteres japoneses, ju, que significa “gentil” e fazer, que significa “o caminho”. O judô, portanto, significa literalmente o caminho da gentileza. Embora a gentileza não seja imediatamente aparente para recém-chegados que vêem corpos voando pelo ar e pessoas presas ao chão, é esse princípio de gentileza, ou yawara (que é o mesmo personagem do ju no judô), no qual todas as técnicas de judô são baseadas.

Quais são os Benefícios do Judô?

O judô é uma atividade física rigorosa e exigente. A prática das técnicas de judô ajuda as pessoas a desenvolverem a aptidão física básica e fundamental de várias maneiras, como o desenvolvimento de força, flexibilidade, agilidade, velocidade, equilíbrio dinâmico e estático, poder explosivo e resistência. A prática de ataque e defesa ativa ajuda a desenvolver tempo de reação, coordenação e autoconfiança física geral. Estudantes de judô tornam-se fisicamente maiores, mais fortes e mais rápidos através da prática do judô.

O judô não apenas produz ganhos tremendos na capacidade física e atlética geral; os alunos de judô aprendem as habilidades e técnicas específicas do judô. Eles aprendem uma variedade de técnicas para lançar seus oponentes ao chão com força, velocidade e controle. Enquanto os estudantes de judô são frequentemente expostos a muitos desses tipos de técnicas de arremesso em suas carreiras de judô, eles geralmente dominam apenas um punhado, e um punhado é geralmente tudo o que é necessário para ter sucesso nas competições contemporâneas de judô.

Os estudantes de judô também aprendem os princípios fundamentais e a dinâmica de subjugar seus oponentes no solo através da aplicação de técnicas de pinagem e submissão. Sua destreza tanto no chão quanto em seus pés, combinada com a considerável aptidão física básica obtida da prática diária de judô, proporciona aos alunos de judô um considerável repertório de técnicas, habilidades, conhecimentos e habilidades. Estes, por sua vez, permitem que eles sejam excelentes atletas, com uma sólida base física de habilidades fundamentais e formidáveis ​​e imponentes oponentes em competição.

Mas além do desenvolvimento da capacidade física e capacidade atlética, os alunos de judô aprendem muito mais. Eles aprendem a controlar seus sentimentos, emoções e impulsos. Eles aprendem sobre valores de perseverança, respeito, lealdade e disciplina. Os estudantes de judô desenvolvem uma excelente ética de trabalho, bem como importantes maneiras sociais e etiqueta. Eles aprendem a superar seus medos e a demonstrar coragem sob pressão. Através da competição e dos rigores da prática diária, eles aprendem sobre justiça e justiça. Através de sua experiência, eles aprendem sobre polidez, modéstia e muitos outros valores maravilhosos que contribuem para o seu desenvolvimento como cidadãos bem-sucedidos da sociedade. Como tal, o judô facilita o desenvolvimento de importantes conhecimentos e valores morais, aqueles que são importantes para ajudar as pessoas a se tornarem membros ativos e contribuintes de suas comunidades, nações e do mundo. Dessa forma, os estudantes de judô desempenham um papel importante no desenvolvimento de sociedades e na criação de novas e melhores comunidades para o futuro.

O judô é muito mais do que o mero aprendizado e aplicação de técnicas de combate, no entanto. Em sua totalidade, é um maravilhoso sistema de educação física, intelectual e moral. O judô tem sua própria cultura, sistemas, herança, costumes e tradições. Além disso, os princípios de gentileza são levados das esteiras de prática para a vida da maioria dos alunos, em suas interações com seus amigos, familiares, colegas de trabalho e até estranhos. O judô dá a seus alunos um código de ética, um modo de vida e um jeito de ser. Praticado hoje por mais de 20 milhões de pessoas, o judô é, sem dúvida, o esporte de combate mais popular do mundo. Em termos de número absoluto de participantes, o judô é o segundo esporte mais popular de qualquer esporte, sendo o futebol o número um. Em termos de organizações nacionais em todo o mundo, o judô é o maior esporte do mundo, com o maior número de nações membros da Federação Internacional de Judô, ou IJF. Faz parte dos sistemas de educação física de muitos países e é praticado em clubes locais, escolas de ensino fundamental e médio, faculdades, centros de treinamento regionais e nacionais e em muitas outras áreas neste país e em todo o mundo. Milhões de pessoas descobriram o espetacular esporte enriquecedor e o modo de vida que conhecemos como judô.

Os estudantes de judô também aprendem habilidades sociais valiosas e constroem relacionamentos duradouros e significativos com os outros. A camaradagem e o vínculo que ocorre entre os parceiros que compartilharam os rigores de um treinamento fisicamente difícil e mentalmente exigente são profundos, muitas vezes fornecendo a base para relacionamentos que duram por toda a vida. Através do judô, as pessoas são capazes de desenvolver amizades e se integrar socialmente em praticamente qualquer lugar. Independentemente das cidades que você visita, em seu país de origem ou em outro lugar, há um clube de judô, ou dojo, onde você será bem-vindo.

O judô não é apenas uma atividade física; é uma língua internacional que transcende fronteiras nacionais, barreiras culturais e dificuldades de linguagem. Dessa forma, o judô liga povos, comunidades e países; desempenha um papel importante não apenas em nossas vidas individuais, mas também no futuro bem-estar de nossas sociedades no mundo interdependente de hoje.

Receba nossas atualizações grátis!

Comente