Os Pronomes (The Pronouns) [Inglês]

0
352

O Inglês é uma língua indo-européia que pertence ao ramo ocidental das línguas germânicas. Ainda mantém um parentesco evidente com o baixo território da Alemanha. De acordo com alguns estudiosos escandinavos, o inglês, pelo menos de sua fase intermediária, é mais semelhante às línguas germânicas setentrionais (escandinavas) do que às continentais.

Cada país ou território onde o inglês é falado como língua materna é chamado anglófono. Em 2018, é a segunda língua mundial falada: segue o chinês e precede o espanhol.

Do ponto de vista do léxico, semelhante às outras línguas germânicas, contém muitos termos de origem não-germânica, em particular de origem latina através de uma mediação francesa durante a ocupação normanda da Inglaterra após 1066 (quando os Duques da Normandia conquistaram Inglaterra anglo-saxônica com a batalha de Hastings), mas também, no Renascimento, pela influência do latim no jargão científico.

Por esta razão, uma das características mais evidentes do léxico inglês é a riqueza de pares de sinônimos, dos quais um de origem germânica, o outro de origem latina, para indicar o mesmo conceito, mas muitas vezes com nuances diferentes, por exemplo: porco e carne de porco, sobrenome e nome de família.

Entre as línguas amplamente utilizadas, o inglês é provavelmente o mais aberto à entrada de novas palavras de origem estrangeira, tanto pelo seu amplo uso como língua franca mundial como, provavelmente, também graças à extrema simplificação da gramática, caracterizada por do desaparecimento de declinações e terminações de verbos e substantivos (uma característica que estava presente no inglês antigo).

Durante o século XX, após a Segunda Guerra Mundial, o inglês tornou-se a língua franca por excelência, derrubando a anterior supremacia do francês, que por sua vez substituíra o latim pela comunicação diplomática e científica. Após a Segunda Guerra Mundial, seguindo a supremacia econômica e política dos Estados Unidos, o inglês tornou-se a língua mais estudada no mundo, bem como a mais importante no campo econômico, uma ferramenta de comunicação entre grupos étnicos sem conexões culturais, científico ou político.

.

Estima-se que haja cerca de 400 milhões de falantes de inglês como língua materna (inglês como língua materna, ENL), enquanto cerca de 300 milhões são aqueles que falam em conjunto com a língua nacional ou nativa (inglês como segunda língua, ESL). Por fim, cerca de 200 milhões aprenderam na escola (inglês como língua estrangeira, EFL), em países onde esse idioma não está em uso. O número daqueles que usam o inglês como segunda língua ou língua estrangeira excede, portanto, aquele que o fala desde o nascimento.

O inglês ocupa uma posição muito especial, não apenas no que diz respeito às línguas germânicas, mas também dentro do grupo linguístico indo-europeu: simplificou e alterou sua estrutura de tal modo que agora se aproxima de uma linguagem isolante em vez de uma linguagem flexional.

A gramática inglesa exibe uma inflexão mínima em comparação com outras línguas indo-europeias. Por exemplo, o inglês contemporâneo, diferente das línguas alemã, holandesa e românica, não possui concordância gramatical de gênero e adjetivo. Todos os casos desapareceram, mas em parte sobrevivem em pronomes. A distinção entre verbos fortes (às vezes chamados de “irregulares”, por exemplo, fala / fala / fala ) e os fracos (chamados “regulares”, por exemplo, chamada / chamada / chamada) de origem germânica diminuiu no inglês contemporâneo, e inflexões (por exemplo, plural irregular) tornaram-se mais regulares.

Em paralelo, a língua inglesa tornou-se mais analítica, e o uso de verbos modais e ordem de palavras para comunicar significados diferentes tornou-se mais importante. Os verbos auxiliares indicam as questões, a negatividade, a polaridade, a voz passiva e os tempos progressivos.

Como em muitas línguas indo-europeias, muitas das palavras mais comuns se originam no protoindo-europeu (PIE) pelo idioma germânico. 

As palavras de origem germânica (geralmente palavras de inglês antigo ou nórdico) tendem a ser mais curtas do que as palavras de origem latina e incluem quase todos os pronomes, preposições, conjunções, verbos modais, etc. que formam a base da sintaxe e gramática inglesa. A brevidade das palavras germânicas é devido a síncope no meio Inglês e, portanto, não sugere que as palavras germânicas são inerentemente mais curtas do que as latinas. As palavras mais longas e o alto registro do inglês antigo foram esquecidos após a subjugação do inglês após a conquista normanda, e a maior parte do léxico antigo inglês dedicado à literatura, às artes e às ciências deixou de ser produtivo quando caiu. em desuso. Acredita-se frequentemente que as palavras de origem latina são mais elegantes ou eruditas.

Resumo Sobre a Inglaterra

A Inglaterra é uma das quatro nações constituintes do Reino Unido, o não só a criação de uma unidade administrativa. Faz fronteira com a Escócia no norte e oeste com o País de Gales. A noroeste encontra-se o mar da Irlanda , a sudoeste o mar Céltico, a leste o mar do Norte e a sul o Canal, que o separa da Europa continental. A Inglaterra inclui quase toda a parte centro-sul da ilha da Grã-Bretanha. O país tem, entre outras coisas, mais de 100 ilhas menores, como as Ilhas Scilly e a Ilha de Wight. A capital é Londres, a capital do Reino Unido.

A área que hoje é chamada de Inglaterra era habitada por homens desde o Paleolítico Superior, mas leva o nome do Angli, uma das tribos germânicas que se estabeleceram durante os séculos V e VI. A Inglaterra tornou-se um estado unitário em 927 e, a partir do século XV, começou a ter um impacto significativo, cultural e de poder, no resto do mundo. A língua inglesa, a Igreja Anglicana e a lei inglesa estão na base das organizações dos países pertencentes à Commonwealth. O sistema político parlamentar inglês tem sido amplamente adotado por outras nações. Precisamente na Inglaterra, a revolução industrial começou no século XVIII, transformando-a na primeira nação industrializada do mundo. A Royal Society inglesa lançou as bases da moderna ciência experimental. 

O território inglês inclui principalmente colinas e planícies baixas, localizadas especialmente no centro e no sul da Inglaterra. No entanto, existem regiões montanhosas no norte (por exemplo, as montanhas de Lake District, os Pennines e Yorkshire Dales) e no sudoeste (por exemplo, Dartmoor e Cotswolds ). Londres, a capital da Inglaterra, é a maior área metropolitana do Reino Unido e a maior área urbana da União Européia. A população inglesa é de cerca de 53 milhões, cerca de 84% de toda a população do Reino Unido e concentra-se em grande parte em Londres e nas Midlands e Yorkshir. Prados e pastagens estão além das grandes cidades.

O Reino da Inglaterra também incluiu o País de Gales após a conquista de Eduardo I, terminado em 1282, embora formalmente a união tenha ocorrido somente em 1536. Era soberano até 1º de maio de 1707, quando se uniu ao Reino da Escócia para formar o novo Reino da Grã-Bretanha. Em 1801, a Grã-Bretanha foi unida com o Reino da Irlanda através de um Ato de União para se tornar o Reino Unido da Grã-Bretanha e da Irlanda. Em 1922, o Estado Livre da Irlanda foi estabelecido como um domínio separado.

O clima da Inglaterra é temperado oceânico relativamente suave se comparado à sua latitude. A precipitação é regularmente distribuída ao longo dos meses do ano, embora no verão e no inverno sejam mais intensos.

Maio e junho são os meses mais ensolarados, mas as temperaturas ainda são bem frias; o verão é um pouco mais quente, mas as chuvas de chuva são sempre possíveis. Novembro e dezembro são os meses nublados com uma fraca insolação no noroeste, mas subindo em direção ao sudeste.

Os Pronomes (The Pronouns) em Inglês

Os pronomes tratam-se das palavras que acompanham ou substituem um substantivo ou um outro pronome, indicando sua posição em relação às pessoas do discurso ou mesmo situando-o no espaço e no tempo.

Com os pronomes evitamos repetições desnecessárias na fala e na escrita. São divididos em:

Pronomes Pessoais – Personal Pronouns

Os Pronomes Pessoais referem-se a algum sujeito, lugar ou objeto específico e são subdivididos em Pronomes Pessoais do Caso Reto (Sujeito) – Subject Pronouns e Pronomes Pessoais do Caso Oblíquo (Objeto) – Object Pronouns.

Caso Reto (Sujeito)Subject PronounCaso Oblíquo (Objeto)Object Pronoun
(eu)me (me, mim)
you (tu, você)you (lhe, o, a, te, ti, a você)
he (ele)him (lhe, o, a ele)
she (ela)her (lhe, a, a ela)
it (ele, ela [neutro])it (lhe, o, a)
we (nós)us (nos)
you (vocês, vós)you (vos, lhes, a vocês)
they (eles, elas)them (lhes, os, as)

Pronomes Adjetivos e Substantivos (Possessive Adjectives and Possessive Pronouns)

A Língua Inglesa apresenta um adjetivo e um pronome possessivo para cada pronome pessoal.

Os pronomes e os adjetivos possessivos existentes no dialeto Inglês são os seguintes:

Pronomes Possessivos Adjetivos 
Possessive Adjectives
Pronome Possessivos Substantivos 
Possessive Pronouns
my (meu, minha)mine [(o) meu, (a) minha]
your (teu, tua, seu, sua)yours [(o) teu, (a) tua, (o) seu, (a) sua]
his (dele)his [(o)/(a) dele]
her (dela)hers [(o)/(a) dela]
its [dele, dela (neutro)]its [(o)/(a) dele, (o)/(a) dela (neutro)]
our (nosso, nossa)ours [(o) nosso, (a) nossa]
your (vosso, vossa, seu, sua, de vocês)yours [(o) vosso, (a) vossa, (o) seu, (a) sua]
their [deles, delas (neutro)]theirs [(o)/(a) deles, (o)/(a) delas (neutro)]

Pronomes Reflexivos (The Reflexive Pronouns)

Os Pronomes Reflexivos (Reflexive Pronouns), na Língua Inglesa, são utilizados para indicar que a ação reflexiva recai sobre o próprio sujeito. Em tal caso, o pronome vem logo após o verbo e concorda com o sujeito. Tais pronomes caracterizam-se pelas terminações self (no singular) e selves (no plural). Para cada Pronome Pessoal (Personal Pronoun) há um Pronome Reflexivo (Reflexive Pronoun). Confira abaixo os Pronomes Pessoais (Personal Pronouns) e os Pronomes Reflexivos (Reflexive Pronouns) aos quais eles se referem.

Pronome Pessoal – Personal PronounsPronome Reflexivo – Reflexive Pronoun
(eu)myself (a mim mesmo, -me)
you (tu, você)yourself [a ti, a você mesmo(a), -te,-se]
he (ele)himself (a si, a ele mesmo, -se)
she (ela)herself (a si, a ela mesma, -se)
it [ele, ela (neutro)]itself [a si mesmo(a), -se]
we (nós)ourselves [a nós mesmos(as), -nos]
you (vocês, vós)yourselves (a vós, a vocês mesmos(as), -vos,-se)
they (eles, elas)themselves (a si, a eles mesmos, a elas mesmas, -se)

Pronomes Demonstrativos (Demonstrative Pronouns and Demonstrative Adjectives)

Os Pronomes Demonstrativos (Demonstrative Pronouns) são usados para indicar, apontar e mostrar alguma coisa, lugar, pessoa ou objeto.

Tais pronomes podem atuar como adjetivos, antes do substantivo, ou como pronomes substantivos.

Confira com mais detalhes os Pronomes Demonstrativos (Demonstrative Pronouns) abaixo:

1. THIS – ESTE, ESTA, ISTO

This is my pen. (demonstrative pronoun)
(Esta é a minha caneta.) (pronome demonstrativo substantivo)

This book is red. (demonstrative adjective)
(Este livro é vermelho.) (pronome demonstrativo adjetivo)

2. THESE – ESTES, ESTAS

These are your dogs. (demonstrative pronoun)
(Estes são os teus cachorros.) (pronome demonstrativo substantivo)

These beds are new. (demonstrative adjective)
(Estas camas são novas.) (pronome demonstrativo adjetivo)

3. THAT – AQUELE, AQUELA, AQUILO, ESSE, ESSA, ISSO

That is my son. (demonstrative pronoun)
(Aquele é o meu filho.) (pronome demonstrativo substantivo)

That book is new. (demonstrative adjective)
(Aquele livro é nova.) (pronome demonstrativo adjetivo)

4. THOSE – AQUELES, AQUELAS, ESSES, ESSAS

Those are English cars. (demonstrative pronoun)
(Aqueles são carros ingleses.) (pronome demonstrativo substantivo)

Those houses are expensive. (demonstrative adjective)
(Aquelas casas são caras.) (pronome demonstrativo adjetivo)

* Em Inglês, os adjetivos não possuem número e gênero. Os Demonstrativos, com função de adjetivo, são os únicos que concordam em número com o substantivo que acompanham.

Por exemplo:

Those chocolats are expensive. (Aqueles chocolates são caros.)

No exemplo acima, escrito na Língua Inglesa, notamos que apenas o Pronome Demonstrativo those é que concorda em número com o substantivo que acompanha, no caso chocolats. Pois o adjetivo expensive permanece no singular, já que os adjetivos não possuem gênero nem número no dialeto Inglês.

Pronomes Indefinidos (Indefinite Pronouns and Adjectives)

Os Pronomes Indefinidos (Indefinite Pronouns) podem ser substantivos (indefinite pronouns), quando os substituem, ou adjetivos (indefinite adjectives), quando qualificam os substantivos.

Os Pronomes Indefinidos (Indefinite Pronouns) existentes no Inglês são:

1. SOME – ALGUM, ALGO, ALGUNS, ALGUMA, ALGUMAS, UM, UNS, UMA, UMAS, UM POUCO DE

Some e seus compostos são utilizados em frases afirmativas. Some também pode ser usado em frases interrogativas quando se trata de um oferecimento ou pedido ou quando se espera uma resposta positiva. Este pronome pode ser um pronome adjetivo (indefinite adjective) ou um pronome substantivo (indefinite pronoun).

She was cold and I gave her some hot tea. (Ela estava com frio e eu lhe dei um pouco de chá quente.)

I prefer to forget some things that happened in the past. 
(Prefiro esquecer algumas coisas que aconteceram no passado.)

Some exercises are difficult to do. (Alguns exercícios são difíceis de fazer.)

Would you like some chocolat? (Você gostaria de um pouco de chocolate?)

2. SOMEBODY/SOMEONE – ALGUÉM

Somebody/Someone is flying in the sky. (Alguém está voando no céu.)

3. SOMETHING – ALGUMA COISA, ALGO

There is something under the book. 
(Há/Tem alguma coisa embaixo do livro.)

I gave her something to eat.
(Eu dei a ela algo para comer.)

4. SOMEWHERE – EM ALGUM LUGAR

I saw your keys somewhere. (Eu vi suas chaves em algum lugar.)

My book should be somewhere in this classroom.
(Meu livro deve estar em algum lugar nesta sala de aula.)

5. SOMEHOW – DE ALGUMA MANEIRA, DE ALGUM JEITO

I must get a job, somehow I will get what I want! 
(Eu preciso de emprego. De alguma maneira conseguirei o que quero!)

6. ANY – ALGUM, ALGUNS, ALGUMA, ALGUMAS, NENHUM, NENHUMA, UM, UNS, UMA, UMAS, QUALQUER

*Any é usado em frases interrogativas e negativas. Nas frases afirmativas, any é utilizado quando: aparecer após a palavra if; significar qualquer; houver palavra de sentido negativo na frase como seldomneverrarelywithout, etc. Este pronome, assim como some, pode ser um pronome adjetivo (indefinite adjective) ou um pronome substantivo (indefinite pronoun).

Do you have any talent for music? (Você tem algum talento para a música?)

7. ANYBODY / ANYONE – ALGUÉM, QUALQUER UM, NINGUÉM

There isn’t anybody upstairs. (Não há ninguém lá em cima.)

Is there anybody home? (Há alguém em casa?)

8. ANYTHING – ALGUMA COISA, QUALQUER COISA, NADA

I am hungry because I didn’t eat anything this morning. (Estou com fome porque não comi coisa alguma / nada hoje de manhã.)

There isn’t anything to do in this city. (Não há coisa alguma / nada para fazer nesta cidade.)

He may buy anything he wants. (Ele pode comprar qualquer coisa que quiser.)

9. ANYWHERE – EM ALGUM LUGAR, EM QUALQUER LUGAR

Did you see him anywhere? (Você o viu em algum lugar?)

Your clothes must be anywhere. (Suas roupas podem estar em qualquer lugar.)

10. ANYWAY – DE ALGUMA MANEIRA, DE QUALQUER JEITO

Please, don’t tell me what I have to do, anyway, I will only do what I want. (Por favor, não me diga o que tenho que fazer, de qualquer maneira, farei apenas o que quero.)

I will buy the house anyway. (De qualquer jeito, comprarei a casa.)

11. NO (PRONOME ADJETIVO) – NENHUM, NENHUMA

I have no money in my pocket. (Não tenho dinheiro nenhum no meu bolso.)

Pronomes Relativos – Relative Pronouns

Os pronomes relativos podem exercer a função de sujeito ou objeto do verbo principal. Sempre que o pronome relativo for seguido por um verbo, ele exerce função de sujeito. Caso o pronome relativo for seguido por um substantivo ou pronome, ele exerce função de objeto.

– Quando o antecedente for pessoa e o pronome relativo exercer a função de sujeito do verbo, usa-se who ou that.

The girl who / that arrived is blond. (A menina que chegou é loiro.)

– Quando o antecedente for pessoa e o pronome relativo exercer a função de objeto do verbo, usa-se whowhomthat ou pode-se omitir (-) o pronome relativo. Contudo, essa omissão só pode ocorrer quando o relativo exercer função de objeto. Lembre-se de que na linguagem informal pode-se empregar who em vez de whom.

The boy who / whom / that / (-) I saw in the beach was handsome.
(O menino que vi na praia era bonito.)

 Quando o antecedente for coisa ou animal e o pronome relativo exercer a função de sujeito do verbo, usa-se which ou that.

The dog that / which is in the garden belongs to my sister.
(O cachorro que está no jardim pertence à minha irmã.)

USA-SE APENAS O PRONOME THAT:

a) Quando houver dois antecedentes (pessoa e animal ou pessoa e coisa):

I know the singers and the songs that she mentioned.
                (pessoa)             (coisa)
(Conheço os cantores e as músicas que ela mencionou.)

b) Após adjetivos no superlativofirst e last:

She is the sweetest woman that I have ever met.
              (superlativo)
(Ela é a mulher mais dócil que já conheci.)

The last time that I saw him was in May. (A última vez que o vi foi em Maio.)

The first thing that you have to do is call the police. (A primeira coisa que você tem que fazer é ligar para a polícia.)

c) Após allonlyeverythingnonesomeanyno e seus compostos.

He ate something that we never saw. (Ele comeu algo que nós nunca vimos.)

Os Interrogativos (Pronomes e Advérbios) – Question Words (Pronouns and Adverbs)

Os Interrogativos (Question Words) são utilizados para se obter informações específicas. As perguntas elaboradas com eles são chamadas wh-questions, pois todos os interrogativos, com exceção apenas de how (como), iniciam-se com as letras wh.

Na maior parte dos casos, os Interrogativos (Question Wordssão colocados antes de verbos auxiliares ou modais.

WHOWHICHWHY
WHOMWHATWHEN
WHOSEWHEREWHEN

1. WHO – QUEM (FUNÇÃO: SUJEITO)

Who is that tall woman? (Quem é aquela mulher alta?)

Who told you these stories? 
(Quem lhe contou estas histórias?)

2. WHOM – QUEM (FUNÇÃO: OBJETO)

With whom did you go to the city? (Com quem você foi à cidade?)

Whom did you meet at the mall? (Quem você encontrou no shopping?)

To whom were you speaking last week? (Com quem você estava falando semana passada?)

3. WHOSE – DE QUEM

Whose is that cat (ou Whose that cat is?)
(De quem é aquele gato?)

Whose is this book? (ou Whose this book is?)
(De quem é este livro?)

4. WHICH – QUAL, QUAIS

Which of those boys is your boyfriend? (Qual daqueles meninos é o seu namorado?)

Which are the best libraries of this city? (Quais são as melhores livrarias desta cidade?)

Which t-shirt do you prefer: the yellow one or the blue one? (Qual camiseta você prefere: a amarela ou a azul?)

5. WHAT – O QUE, QUE

What time is our flight? (Que horas é o nosso voo?)

What were you doing in the bank? (O que você estava fazendo no banco?)

What do you want to eat? (O que você quer comer?)

6. WHERE – ONDE

Where do you study? (Onde você estuda?)

Where does your mother work? (Onde sua mãe trabalha?)

Where are we having dinner tonight? (Onde iremos jantar esta noite?)

7. WHY – POR QUE

Why were you sleeping? (Por que você estava dormindo?)

Why are you hot? (Por que você está quente?)

Why didn’t she talk to him? (Por que ela não falou com ele?)

8. WHEN – QUANDO

When they got married? (Quando eles casaram?)

When did you finish the school? 
(Quando você terminou a escola?)

When will she return to her house? 
(Quando ela voltará para sua casa?)



Receba nossas atualizações grátis!

Comente