Rio Grande do Sul [Geografia]

0
277

O estado do Rio Grande do Sul está localizado no sul do Brasil. A capital é Porto Alegre e a sua abreviação é RS. A área, hoje ocupada pelo Rio Grande do Sul, é uma das áreas do país que mais levaram tempo para serem ocupados pelos colonizadores portugueses.

A fronteira do estado foi estabelecida pela primeira vez em 1801 com a assinatura do Tratado de Badajoz. O acordo encerrou uma série de conflitos sobre a propriedade da região. Até um século após a descoberta do Brasil (1500), a região ainda era ocupada principalmente pelos habitantes locais. A geografia é uma das razões que atrasaram o acordo.

Os índios Gê, Pampeano e Guarani viviam na região. O grupo Gê, também chamado Tapuia, ficava na região “Cima da Serra”. Restos de índios ainda vivem neste lugar. Atualmente, o local é ocupado pelas cidades de Bom Jesus, Lagoa Vermelha, Passo Fundo e São Francisco de Paula.

Os pampas, também chamados de arado e minuano, viviam na região dos pampas. Os Guarani estavam nas margens da Lagoa dos Patos. Os índios guaranis foram os primeiros a sentir o efeito do europeu com a chegada dos padres jesuítas espanhóis em 1626. Os religiosos fundaram as Missões Guarani, que cobrem parte dos territórios hoje pertencentes ao Paraguai, Brasil, Argentina e Uruguai.

No século XVIII, houve uma violenta disputa entre espanhóis e portugueses. Os espanhóis fundaram em 1726 a cidade de Montevidéu, a leste da colônia de Sacramento, fundada em 1680. A Fundação Montevideo tinha o objetivo de reduzir a influência portuguesa. Em resposta, os portugueses fundaram o Forte de Jesus Maria José em 1737, hoje a cidade de Rio Grande. A disputa terminou em 1777, quando Portugal e Espanha assinaram o Tratado de Santo Ildefonso. Após o acordo, a colônia de Sacramento permaneceu na Espanha e o Rio Grande permaneceria em Portugal.

Vinte e três anos após a definição das fronteiras do Rio Grande do Sul, o estado recebeu um punhado de imigrantes alemães. A presença dos imigrantes permitiu a diversificação da economia com a introdução do modelo de bens agrícolas. Várias novas batalhas devastaram a área. A mais longa e sangrenta foi a Guerra de Farrapos entre 1835 e 1854. O estado só ficou satisfeito em 1928 na administração do governador Getúlio Vargas (1882 – 1954).

A cidade de Porto Alegre foi fundada em 1752 pelos Açores portugueses. O primeiro nome era Porto dos Casais. O crescimento econômico de Porto Alegre foi apoiado pela presença de alemães em São Leopoldo e Novo Hamburgo.

As colônias dos italianos também desempenharam um papel importante no desenvolvimento da cidade. A economia é diversificada pela produção de frutas, legumes e madeira dura. O setor industrial é um dos mais importantes do país. A indústria calçadista ocupa uma posição privilegiada na economia.

As famosas cidades de Gramado e de Canela atraem milhares de turistas todos os anos ao Rio Grande do Sul. O clima na região é ameno com invernos rigorosos. Esse recurso é pesquisado pela indústria do turismo, especializada em eventos, cafés coloniais e chocolates artesanais.

Gramado hospeda eventos importantes como o Festival de Cinema de Gramado e o Festival Internacional de Publicidade. A cidade é cercada por uma bela paisagem natural com lagos e cachoeiras. As paisagens também são a força do turismo em Canela. A cidade tem uma arquitetura única com padrão europeu.

O Rio Grande do Sul concentra 91% da produção nacional de vinho, atividade iniciada por imigrantes italianos. Colônias de italianos se estabeleceram na região em 1875, atraídas pelo clima favorável à produção de uvas na Serra Gaúcha.

Os vinhedos estão localizados em Caxias do Sul, Farroupilha, Antônio Prado, Flores da Cunha e Bento Gonçalves. Garibaldi, Carlos Barbosa, Nova Milano, Nova Roma, São José do Ouro, São Marcos e Veranópolis também possuem lavouras.

Principais Características do Rio Grande do Sul

O relevo gaúcho consiste no Planalto Serrano, o Pampa e a Serra Lagunar. A maior parte do território está localizada no Planalto Serrano.

O clima do Rio Grande do Sul é de influência tropical. No Planalto Serrano é subtropical da altura. As quatro estações são bem definidas e os invernos podem ser negativos em algumas regiões.

Os rios que cortam o estado estão na bacia de prata. O mais importante é o rio Uruguai, formado por Canoas e Pelotas. Também importantes para a região são os rios Taquari, Ijuí, Jacuí, Ibicuí e Camacuã.

A cultura gaúcha é uma das mais estranhas do Brasil. Tem uma linguagem específica relacionada ao homem da paisagem que vive nos pampas.

Os aspectos culturais do gaúcho repetem os acontecimentos no resto do país e surgem da mistura de colonos indígenas, negros e portugueses.

Na Pampa o gaúcho era um cavaleiro de arco e arco. Nômade, trabalhou em fazendas de gado. Ele usava calças largas, chamadas de pantalonas, presas a botas de couro. No pescoço um lenço contra o frio e ao redor do corpo um poncho, também para o mesmo fim.

Para suportar o frio, o gaúcho logo tomou um companheiro de camarada. A bebida foi herdada pelos guaranis e hoje se refere diretamente à região. Mate é uma bebida quente feita com erva mate refinada, o que lhe dá um sabor amargo.

O camarada e os figurinos dessa figura são a tradução perfeita do povo gaúcho. Corajoso e destemido, ele estava associado a ladrões e aventureiros. A situação mudou com a guerra dos ramos quando foi vista como patriota.

A carne assada em espetos improvisados ​​e enterrada em buracos é o prato mais tradicional da culinária gaúcha. O grill também é do tempo de trabalho agrícola na fazenda. É criado pela improvisação para a preparação de alimentos. A carne é temperada apenas com sal grosso e torrado.

Os outros pratos da culinária gaúcha também se devem à improvisação do trabalhador gaúcho. A região serve feijão frito feito com mandioca, kibbebe. à base de abóbora; e a carne é seca com mandioca.

Especialmente no inverno, os pinhões são bastante consumidos. Os frutos secos são cozidos e podem ser consumidos puros ou na forma de paçoca. A influência do guarani é percebida na preparação de Puchero, uma sopa encorpada feita com carne e legumes.


Rio Grande do Sul [Geografia]
5 (100%) 1 voto

Receba nossas atualizações grátis!

Comente